Calendário do mês de maio

Miniatura de Joanna de Castela em oração, acompanhada por João Evangelista, Livro de Horas de Joana de Castela, Bruges, ca. 1496-1506.

As Horas de Joana de Castela (também conhecido como As Horas de Joana, a Louca), é um pequeno e requintado livro de horas produzido para Joana de Castela, filha do rei Fernando de Aragão e Isabel de Castela. 

Em 1496 Joana se casou com Filipe, o Belo, filho do imperador Maximiliano, e muito embora as armas dela e de Filipe apareçam em todo o manuscrito, este deve ter sido criado entre o seu casamento e a morte de Filipe, em 1506.

O manuscrito foi personalizado cuidadosamente para Joana de Castela – alguns textos são incomuns para um Livro de Horas, o que leva a crer que muito provavelmente tenham sido escolhidos diretamente por ela. O assunto de muitas iluminuras reflete seus interesses religiosos e artísticos, e ela também aparece em duas miniaturas, incluindo a imagem acima, na qual ela está sendo apresentada para a Virgem e o Menino com São João Evangelista.

O Livro de Horas começa com um calendário, com as entradas de cada mês distribuídas em dois fólios. As listas de dias santos e de festas são rodeadas por miniaturas que descrevem uma variedade de trabalhos para cada mês.

Páginas do calendário para o mês de maio, Livro de Horas de Joana de Castela, Bruges, ca. 1496-1506.

Os temas que regem o mês de maio são o cortejo (namoro) e a caça, tanto neste calendário quanto em muitos outros. 

A folha do lado esquerdo apresenta uma miniatura de um cavalheiro e duas senhoras em uma viagem de prazer. Eles carregam instrumentos musicais e seu barco é pilotado por duas figuras grotescas. 

A folha do lado direito apresenta acima duas figuras nuas de gêmeos; abaixo observa-se outra cena de namoro, com um senhor ajoelhado diante de sua senhora. Na extrema direita são dois homens com cães e aves de rapina, provavelmente prestes a se juntar ao grupo de caça que pode ser visto nos campos acima.

O Livro de Horas de Joana de Castela faz parte do acervo de manuscritos da British Library e em breve será disponibilizado para acesso on-line. 

Fonte: British Library: medieval and earlier manuscripts blog.

About these ads
Esse post foi publicado em Notícias e marcado , . Guardar link permanente.

Espaço para comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s